Domingo, 16 de Setembro de 2012

Nos dias que antecedem o início das aulas, a criança deve ser motivada e tranquilizada. Atente aos conselhos de uma psicóloga para fazer o melhor acompanhamento ao seu filho. O mês de setembro tem quase tanta simbologia como janeiro. É neste mês, depois das férias, que normalmente começam novos projetos e percursos escolares. 

Para as crianças que iniciam o ensino básico pode ser uma data importante, que lhe trará muitas mudanças na rotina diária. Para que possa fazer o melhor acompanhamento do seu filho nesta fase importante da vida, o NT relata alguns conselhos da psicóloga Catarina Leal, que podem ser vistos no portal do Sapo, na internet. 

Antes do início das aulas, os pais devem garantir a tranquilidade à criança, enunciando-lhe as mais-valias de frequentar a escola, onde, para além de aprender, terá um recreio para brincar e conhecer muitos amigos. Do ponto de vista financeiro, saiba que, antes de comprar o material escolar, o ideal é esperar pelo dia da apresentação da criança na escola, no qual o professor dará uma lista do que é, realmente, necessário. 

Daí, em caso de não ser o ano de estreia na escola, faça a triagem dos materiais que estão em boas condições do ano letivo anterior e assim poderá poupar alguns euros. De seguida, passe à compra do restante material que, por seu lado, fará com que a criança se entusiasme. Como se sabe, é importante escolher uma boa mochila, que não ponha em causa a integridade física do seu filho. Ela deve ser ergonómica e não deverá levar mais do que o essencial para o dia.

A preparação do material e vestuário para o dia seguinte deve ser uma tarefa realizada pelos pais em conjunto com a criança. No primeiro dia de aulas, como efeito de motivação extra, deixe-a escolher a roupa. Durante a semana, deve escolher vestuário confortável e prático para que o seu filho possa brincar à vontade. Ao longo do ano letivo esteja atento a todas as alterações comportamentais que podem surgir, pois assim poderá resolver o problema com tempo e, se necessário, conversar com os educadores a fim de consertarem as medidas para o bem-estar da criança.

fonte:http://www.onoticiasdatrofa.pt/



publicado por adm às 00:04 | link do post | comentar

tags

actualidade

apoios

atualidade

benefícios fiscais

crise

custos

dicas para poupar dinheiro

educação

ensino superior

livros

livros escolares

manuais escolares

material escolar

noticias

portugal

regresso às aulas

saúde

universidade da terceira idade

vagas

verão

todas as tags

links
subscrever feeds