Segunda-feira, 29 de Agosto de 2011

Na abertura de mais uma temporada de aulas, a DINHEIRO & DIREITOS preparou um dossiê especial com conselhos para os pais.

 

Compra de livros e mochilas, ação social escolar, seguro e benefícios fiscais são as matérias principais de um estudo para usar ao longo do ano. Saiba mais no dossiê Regresso às aulas.

Os livros estão sujeitos a um regime de preços convencionados ou tetos máximos. É proibida a venda em pacote, punida com coima entre os 2500 e os 44 mil euros. Se tentarem impor-lhe esta prática, denuncie o caso à Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE).

Na hora de comprar a mochila, leve a criança, para que esta a experimente. Opte por um modelo confortável. O tamanho e o peso devem ser adequados à estatura. Quando vazia, a mochila não deve pesar mais de meio quilo. Escolha alças reguláveis e costas acolchoadas.

A lei obriga os estabelecimentos de ensino público a facultar um seguro de acidentes aos alunos. As privadas também deveriam estar abrangidas por esta regra. Dos 81 estabelecimentos privados que participaram no estudo da DINHEIRO & DIREITOS, 8 não proporcionam a apólice. Mas a maioria dos que a disponibilizam preveem indemnizações que podem ser insuficientes para pagar os tratamentos médicos: entre 400 e 25 mil euros. Face a uma incapacidade física, os capitais analisados pela revista de consumidores variam entre 2 mil e 50 mil euros.

Em 2011, o fisco permite deduzir à coleta até 30% das despesas de educação e formação profissional do contribuinte e seus dependentes, com o limite de 760 euros. Em famílias com 3 ou mais dependentes, o patamar sobe € 142,50 por cada, desde que todos sejam estudantes e apresentem despesas de educação ou formação. Uma família constituída por pai, mãe e 3 filhos estudantes tem um acréscimo de € 427,50 (3 × 142,50). Logo, pode deduzir um total de € 1187,50 (427,50 + 760). Guarde todos os comprovativos de despesas com propinas, taxas de inscrição, livros, computadores, etc.

Os alunos de todos os graus de ensino beneficiam de apoios do Estado para propinas, alimentação e transportes, consoante os rendimentos do agregado familiar. Informe-se nos serviços de ação social escolar de cada estabelecimento.

fonte:http://www.deco.proteste.pt/regresso-as-aulas-faca-as-contas-a-mais-um-ano-letivo-s652581.htm



publicado por adm às 00:13 | link do post | comentar

tags

actualidade

apoios

atualidade

benefícios fiscais

crise

custos

dicas para poupar dinheiro

educação

ensino superior

livros

livros escolares

manuais escolares

material escolar

noticias

portugal

regresso às aulas

saúde

universidade da terceira idade

vagas

verão

todas as tags

links
subscrever feeds